POSTAGEM EM DESTAQUE

HISTÓRICO DO DISTRITO DE BAIXA DO MEIO RN

HISTÓRIA Antes de Guamaré conquistar a emancipação do município de Macau/RN na data de 07 de maio de 1962, Baixa do Meio já existi...

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

A SEMAS, ATRAVÉS DA DIRETORIA DE TRABALHO, RENDA E PROGRAMAS ESPECIAIS PARTICIPOU NA NOITE DESSA QUARTA-FEIRA DA REUNIÃO PROMOVIDA PELA SECRETÁRIA DE TURISMO COM REPRESENTANTES DOS BLOCOS E AMBULANTES ONDE TRATARAM DO TEMA: “ORLA DE FÉRIAS”.



Na ocasião, a Diretoria do  Trabalho, Renda e Programas Especias a Sr.a Michelly Morais, e Beatriz Rodrigues Gerente de Programas Especiais, Maxwell Lima Chefia de Intermediação, Trabalho e Renda fizeram o cadastramento dos ambulantes do município presentes na ocasião, um dos objetivos do cadastro é para organização e apoio aos mesmos nas semanas da "ORLA DE FÉRIAS" que será promovida pela Prefeitura Municipal de Guamaré.








sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

O PREFEITO ADRIANO DIÓGENES AUTORIZOU A CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS DE UMA EMPRESA ESPECIALIZADA EM LEVANTAMENTO IMOBILIÁRIO, QUE VAI POSSIBILITAR A REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA DOS IMÓVEIS DO MUNICÍPIO.




Perto de completar 57 anos emancipação política, o município de Guamaré caminha para tirar o peso de mais uma dívida acumulada com a população, ao longo de mais de cinco décadas. O prefeito Adriano Diógenes autorizou a contratação dos serviços de uma empresa especializada em levantamento imobiliário, que vai possibilitar a regularização fundiária dos imóveis do município.

“A população de Guamaré aguarda ansiosa por essa regularização dos imóveis. Através dessa iniciativa, cada proprietário de imóvel receberá um termo de posse definitiva, podendo inclusive requerer financiamento para reformas e vendas”, ressaltou o prefeito Adriano Diógenes.

Inicialmente será feito um levantamento imobiliário e cadastral, para elaboração da base cartográfica municipal, visando à implantação do Cadastro Territorial Multifinalitário-CTM. O documento servirá de base para a regularização fundiária dos imóveis do município, especialmente dos imóveis localizados em área de marinha.

O cadastro territorial multifinalitário-CTM torna-se uma base sobre a qual podem ser construídas diversas bases temáticas, tais como o cadastro tributário, a base de dados do sistema de saúde, o cadastro de áreas verdes e públicas, e assim por diante.

Segundo o Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Integrado, Jefferson de Oliveira, a empresa contratada vai começar a atuar em campo com serviços topográficos e fotos aéreas para envio desses dados ao Patrimônio da União. Em uma segunda etapa, será efetuado o levantamento de cada imóvel, quando na oportunidade haverá uma audiência pública com a participação da comunidade.

PREFEITURA DE GUAMARÉ

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA AUTORIZA CONSTRUÇÃO DE NOVO PARQUE EÓLICO NO RN


NOVA UNIDADE SERÁ CONSTRUÍDA PELA EMPRESA CENTRAL EÓLICA JERUSALÉM I, DE SÃO PAULO, E SERÁ CONSTITUÍDA POR SETE UNIDADES GERADORAS DE 4.200 KW


José Aldenir / Agora RN

O Ministério de Minas e Energia autorizou a instalação de um novo parque eólico no Rio Grande do Norte. A estrutura de produção de energia elétrica, com capacidade total de 29,4 mil kilowatt (kW), será construída no município de Pedra Preta. O início das operações está previsto para 2023.

A nova unidade será construída pela empresa Central Eólica Jerusalém I, de São Paulo, e será constituída por sete unidades geradoras de 4.200 kW.

O novo parque será denominado de Jerusalém I, constituído a partir de uma subestação elevadora de 34,5/230 kV, além de uma linha em 230 kV, com cerca de quarenta e cinco quilômetros de extensão, em circuito simples, interligando a subestação elevadora à subestação João Câmara III, de responsabilidade da Empresa Transmissora Agreste Potiguar (Etap).

A partir de agora, a empresa responsável pelo empreendimento terá, até o ano de 2022, para obter a Licença Ambiental de Instalação. Além disso, até 2022, a empresa deve comprovar aporte de capital ou obtenção do financiamento referente a pelo menos 20% do valor necessário para a implantação do empreendimento.

De acordo com o Ministério das Minas e Energia, o início da construção deve acontecer em outubro de 2022. As operações têm previsão de início para a dezembro de 2023.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

DESTAQUES DA SEMANA